Assine nossa newsletter

4 tendências pedagógicas que vêm revolucionando o modo de aprender

tendências pedagógicas

As ferramentas tecnológicas estão cada vez mais presentes nas escolas. Muitas instituições de ensino, por exemplo, possuem laboratórios Maker e já utilizam recursos digitais. O avanço tecnológico, porém, vai além desses recursos — ele se traduz em novas tendências pedagógicas que estão transformando o processo de ensino e aprendizado.

Mas qual a relevância dessas novidades na educação? A resposta está na própria tecnologia: graças a ela, o modo como as crianças e jovens pensam, se comportam e aprendem não é mais o mesmo. Por isso, é fundamental que a prática educacional encontre meios de aliar a inovação tecnológica às suas atividades.

Neste artigo, listamos as 4 principais tendências pedagógicas que vêm revolucionando o modo de aprender e, certamente, serão consolidadas nos próximos anos. Ficou interessado? Então, continue a leitura!

1. Mobile Learning

Esta primeira tendência nos mostra que o celular, geralmente considerado um grande vilão pelos educadores, pode, sim, ser usado como ferramenta pedagógica. Existem várias opções de aplicativos com finalidade educacional, muitos deles oferecidos pelas próprias escolas ou sistemas de ensino.

Com o smartphone, é possível, por exemplo, acessar livros digitais, videoaulas, resoluções de questões, animações e jogos educacionais. Mas vale a dica: para que o mobile learning traga bons resultados, é preciso ter direcionamentos claros sobre a utilização do celular na sala de aula.

2. Aprendizado empreendedor

A sociedade atual exige pessoas autônomas, criativas e com capacidade para transformar, ou seja, empreendedores!

Ao contrário do que muitos pensam, o empreendedorismo é uma competência que pode ser desenvolvida e praticada. Portanto, umas das principais tendências pedagógicas do momento é o aprendizado empreendedor.

Seu objetivo é formar pessoas que saibam estruturar sonhos profissionais e pessoais, planejando, buscando informações e estabelecendo metas. Jovens com acesso a esse tipo de formação saem da escola mais preparados para entrar no mercado de trabalho e encontrar soluções para problemas do dia a dia.

3. Gamificação

As técnicas de gamificação utilizam a cultura e os elementos dos jogos para tornar o processo de aprendizagem mais divertido (e menos maçante e repetitivo). Jogar, afinal, também é uma forma de exercitar e fixar os conhecimentos trabalhados em sala de aula.

Como têm a chance de tentar várias vezes até aprender — e ainda ganhar um prêmio por isso! — os alunos ficam mais motivados e engajados com a vida escolar.

4. Microlearning

Prender a atenção dos alunos em sala de aula está se tornando uma tarefa cada vez mais difícil. Fora da escola, eles são bombardeados por conteúdos e informações o tempo todo. Então, como esperar que mantenham o foco em uma única atividade por um longo período?

A solução pode estar no microlearning! Essa técnica propõe a fragmentação dos conteúdos educativos para que sejam assimilados com mais facilidade pelos alunos. As ferramentas digitais, é claro, são grandes aliadas nesse processo, ajudando a variar as formas de exposição dos conteúdos (animações, jogos, vídeos, projetos Maker, etc.).

Para acompanhar essa verdadeira revolução no modo de aprender, é fundamental a constante renovação e capacitação dos profissionais responsáveis por transmitir o conhecimento, para que fiquem por dentro de todas as tendências pedagógicas e como aplicá-las na sala de aula.

Gostou do nosso conteúdo sobre tendências pedagógicas? Lembrou-se de outras que não listamos aqui? Então deixe um comentário neste texto e compartilhe com a gente a sua opinião sobre o assunto!