fbpx
Assine nossa newsletter

Quais as formas de estimular o desenvolvimento cognitivo infantil?

Pais e educadores devem se manter atentos aos sinais de evolução da criança. Veja como!

desenvolvimento-cognitivo-infantil

Muito se fala sobre o desenvolvimento cognitivo de crianças, tanto na escola quanto em casa. Isto porque ele pode ser medido para identificar se suas habilidades neuropsicomotoras estão condizentes com sua faixa etária ou se o pequeno precisa receber mais estímulos para se desenvolver. Para que isso aconteça, é necessário que pais e educadores acompanhem de perto suas atividades orientando-os durante sua busca por conhecimento.

Quer saber quais são as melhores formas de trabalhar esses estímulos? Continue a leitura e confira nossas dicas!

Do que se trata

O termo cognição se origina do termo latim “cognoscere”, que significa conhecer. Desse modo, o desenvolvimento cognitivo envolve nossa evolução e conhecimento, adquirido através de experiências e estímulos mentais. Essa evolução se dá a partir do processamento de informações que recebemos a todo momento, convertendo-as em conhecimento para avaliar e interpretar a percepção do mundo ao nosso redor.

A definição pode parecer complexa, mas o nosso desenvolvimento cognitivo acontece a todo momento através das atividades mais simples e cotidianas. Por exemplo, no caso dos bebês, é comum vê-los tocando em tudo que está a seu alcance e colocando brinquedos na boca. Este é um processo importante para que eles passem a interagir com o ambiente de maneira simbólica, explorando objetos e conhecendo texturas e sons, por exemplo.

O mesmo acontece com crianças maiores. Elas conversam, interagem com outras crianças, brincam na grama, correm para todos os lados, inventam histórias etc. A partir dessas experiências diversas, a criança começa a compreender seus próprios sentidos e passará a entender conceitos e regras, além de aprender a raciocinar e a resolver problemas.

Então, não preciso me preocupar?

Não é bem assim. O desenvolvimento cognitivo acontece de forma orgânica, mas deve ser estimulado pelos pais e educadores. É através desses estímulos focados que os pequenos têm acesso às ferramentas e condições apropriadas para aprofundar seus conhecimentos e desenvolver suas habilidades. Por exemplo, uma criança pode até aprender a amarrar seus sapatos apenas observando seus pais o fazerem, mas se alguém o ensina a fazer o nó em seu tênis esse processo se simplifica.

Sem esses estímulos focados a criança pode acabar não se desenvolvendo como deveria, trazendo consequências para sua vida futura. O estudo “O impacto do desenvolvimento na primeira infância sobre a aprendizagem”, realizado pelo Comitê Científico do Núcleo Ciência Pela Infância, enfatiza essa possibilidade.

“Funções cognitivas mais especializadas como atenção, memória, planejamento, raciocínio e juízo crítico começam a se desenvolver na primeira infância por meio de habilidades como controle de impulsos, a capacidade de redirecionar atenção e de lembrar de regras. Os circuitos cerebrais responsáveis por tais funções serão refinados durante adolescência até a maioridade, mas as conexões fundamentais começam a se estabelecer nos primeiros anos de vida.”

Por isso, é essencial que o educador e os pais tenham foco no desenvolvimento cognitivo dos pequenos. Não existe idade para iniciar o processo, bebês e crianças podem receber os estímulos focados através de tarefas simples executadas durante sua rotina.

Como fazer isso

Os profissionais da educação podem utilizar vários recursos focados para estimulação cognitiva das crianças como testes de atenção, atividades de nomeação de letras e cores, soletração etc. Agora, no cotidiano da criança, algumas atividades podem ser incorporadas para que os estímulos se mantenham constantes e o desenvolvimento contínuo. Vamos citar algumas que podem te auxiliar.

Incentive a leitura e a escrita desde cedo

Os livros devem fazer parte do universo infantil desde cedo. Por isso, incorpore na rotina da criança momentos de leitura, interpretando as histórias e mostrando objetos, cores e outros elementos.

Para os bebês, explore livros com texturas, sons e outros fatores que chamem a atenção do pequeno. Para os mais crescidinhos, peça para que eles imitem os personagens ou conte a história. Você pode aproveitar também para mostrar letras, sílabas e palavras para que eles comecem a se interessar pela escrita. Tudo isso vai fazer com que tomem gosto pela leitura e cultivem esse hábito pela vida toda.

Faça a criança brincar

Já que a criança aprende brincando, os brinquedos são essenciais para o desenvolvimento cognitivo infantil. O importante é escolher aqueles adequados para a faixa etária e que façam ela adivinhar, imaginar e raciocinar.

O brincar estimula a linguagem e a coordenação motora, aguça os sentidos e a curiosidade, e ainda ajuda os pequenos a entenderem melhor as emoções. Além disso, desenvolve a atenção, a concentração e o autocontrole, ajuda a entender que é preciso seguir regras, criar estratégias (no caso de um jogo de tabuleiro, por exemplo) e a lidar com a frustração, já que não é sempre que dá para ganhar.

Estimule atividades artísticas⠀⠀⠀

Desenho e pintura são atividades recomendadas para o desenvolvimento cognitivo infantil, pois estimulam a criatividade, a imaginação, a expressão e a sensibilidade das crianças. Oferecer diferentes materiais permite que elas reconheçam novas texturas e treinem a coordenação motora fina.

Outra atividade recomendada é a dança, importante para que elas desenvolvam maior consciência corporal e tenham noções de espaço e ritmo, além de trazer ganhos para o equilíbrio e a flexibilidade.

Instigue a interação com outras crianças⠀⠀

Por fim, elas devem interagir com outras crianças, seja em brincadeiras e jogos coletivos ou por meio da cultura maker, em que podem pôr a mão na massa e criar algo juntas. Assim, elas aprendem a se comunicar e desenvolvem conceitos como cooperação, empatia e respeito.

Essa interação também ajuda os pequenos a entenderem algumas convenções sociais, por exemplo, quando precisam esperar a sua vez. Além disso, ensina a importância do trabalho em equipe.

Estimular o desenvolvimento cognitivo infantil é importante para que as crianças aprendam a perceber, explorar e interpretar o mundo e entender o seu papel em sociedade. Desse modo, vai ficar mais fácil adquirir conhecimentos, revelar talentos, demonstrar sentimentos e lidar com desafios.

E por falar em estímulos, descubra também como estimular a criatividade dos pequenos para que eles desenvolvam sua inteligência emocional e intelectual!


Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert