fbpx
Assine nossa newsletter

Quais são as principais competências contemporâneas e como desenvolvê-las?

Descubra como trabalhar desde já as competências contemporâneas que serão essenciais ao sucesso profissional. Confira!

competencias-conteporaneas-fuzzy

Não é de hoje que um profissional precisa de mais do que proatividade e organização para se destacar no mercado de trabalho. Cada vez mais, são as habilidades sociais que ganham destaque na hora de contratar, configurando-se nas novas competências contemporâneas.

Tratam-se de características essenciais a esse mundo digital, dinâmico e veloz em que vivemos hoje. No entanto, se hoje essas habilidades já são tidas como um diferencial, no futuro elas serão imprescindíveis. Por isso, é tão importante estimular o seu desenvolvimento em crianças desde já.

Neste post vamos falar um pouco mais sobre essas competências e como os pais podem ajudar seus filhos a contruí-las. Confira!

Quais são as principais competências contemporâneas?

Diante da era digital temos um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e dinâmico, exigindo dos profissionais muito mais do que competência técnica. Nesse cenário, são as habilidades sociais, ligadas à inteligência emocional, que já estão em destaque, e certamente serão mandatórios aos profissionais do futuro. 

Novos formatos de carreiras surgem, demandando profissionais multidisciplinares com capacidade de trabalhar em grupo, ouvir com empatia, interagir e se adaptar. A nova economia exige profissionais que saibam não só trabalhar, como decidir sob pressão. Assim, conheça algumas das chamadas soft skills. 

Colaboração

O sucesso de um trabalho realizado em equipe reside na capacidade de todos trabalharem juntos em prol de um objetivo comum, contribuindo com suas melhores habilidades. No entanto, para que isso funcione outra habilidade social é essencial, a comunicação. 

Assim, colaboração e comunicação precisam andar juntas. Como as crianças tendem a passar cada vez mais tempo no universo online, podem ter dificuldade na comunicação direta. Adquirir a capacidade de se expressar com clareza é fundamental para as interações profissionais requeridas no futuro. 

Solução de problemas

Outra competência que vem se tornando um diferencial no mercado de trabalho é a capacidade de resolver problemas. Na verdade, trata-se de uma habilidade que vai além do conhecimento técnico e passa essencialmente pela criatividade e pela capacidade analítica. 

Enxergar o contexto como um todo, saber identificar o problema e encontrar soluções criativas e inovadoras para uma determinada situação demonstra inteligência perceptiva, colocando o profissional à frente dos outros. Trabalhar a autonomia da criança desde cedo é fundamental para que ela desenvolva esse tipo de habilidade. 

Pensamento crítico

Mais do que a capacidade analítica que mencionamos acima, o pensamento crítico envolve o ato de refletir e formular suas próprias opiniões sobre uma determinada situação. Vai além de compreender os fatos e reunir dados e informações, pois consiste na construção de um julgamento com base em bom senso e coerência pessoal. 

Do ponto de vista profissional, é o pensamento crítico que confere a capacidade de tomar as melhores decisões, independentemente da área de trabalho escolhida. Essa competência resulta da combinação entre raciocínio lógico e intuição, sentimentos e conhecimento. 

Flexibilidade

A velocidade do mundo atual imprime outra necessidade urgente aos profissionais, a capacidade de se adaptar constantemente. É preciso flexibilidade para lidar com as mudanças que o volume de conteúdo a que somos expostos trazem todos os dias — novos processos, ferramentas, demandas e concorrentes. 

Atualizar-se, tolerar adversidades, ser resilientes são habilidades imprescindíveis para a sobrevivência no mundo atual. Mais do que a força e a resistência, a capacidade de adaptação e reinvenção, sem perder o foco nos objetivos, é uma das principais qualidades de um profissional do futuro. 

Conheça os Fuzzy Bits

Autocontrole

Por fim, o autocontrole é a habilidade essencial a todas as outras. Todas essas competências contemporâneas não são inatas, precisando ser desenvolvidas já a partir da infância, sendo o equilíbrio emocional o fio da meada de todas elas. 

Uma criança deve aprender a lidar com suas próprias emoções para conseguir entender que suas necessidades podem ser adiadas, e que muitas vezes precisamos realizar atividades que não gostamos tanto. 

Como ajudar os filhos a desenvolver tais habilidades?

Diante dessas demandas a educação vem passando por uma grande transformação. Com o objetivo de estimular o desenvolvimento dessas habilidades sócio-emocionais, metodologias ativas de aprendizagem surgem no sentido de dar mais autonomia e protagonismo aos alunos. 

No entanto, além da escola, é fundamental a participação dos pais na construção dessas competências. Mas afinal, como ajudar seus filhos a desenvolver habilidades sociais? Separamos aqui algumas dicas. Acompanhe!

Proporcione diversidade

Conhecer diferentes realidades, culturas, crenças e contextos e essencial para ampliar a visão e o aprendizado. Proporcione ao seu filho a oportunidade de conviver om a diversidade e de aprender a respeitá-la. 

Estimule a participação em atividades coletivas

Atividades coletivas, como esportes, teatro e dança, são excelentes opções para trabalhar a socialização das crianças. A interação promove habilidades como comunicação, empatia, competitividade, liderança etc. Além de treinar o autocontrole e a capacidade de lidar com as emoções e frustrações. 

Crie oportunidades de interação

Além de atividades coletivas, é importante criar oportunidades para seus filhos interagirem socialmente, inclusive com crianças de outras faixas etárias. Férias em família ou grupos de amigos, visitas à pracinha e ao clube, participação nas festinhas de aniversário, devem fazer parte da rotina da família. 

Estimule a criatividade

É preciso alinhar os conteúdos aprendidos ao dia a dia da criança, buscando atividades dentro e fora de aula, que estimulem o pensamento crítico e a capacidade de resolver problemas. Nesse sentido, aliar educação e tecnologia parece ser o caminho mais fácil de despertar o interesse e a curiosidade deles, propondo novos desafios e instigando a criatividade. A Fuzzy Makers desenvolve ferramentas educacionais inovadoras para o aprendizado domiciliar.

Trabalhe a questão do feedback

Como já falado a comunicação e o diálogo são fundamentais para as habilidades sociais, assim é importante trabalhar com seus filhos o hábito de ouvir e dar feedbacks. Eles devem não só aprender a ouvir críticas e elogios, como também a expressar suas opiniões de forma construtiva, buscando sempre a conversa como a primeira solução na mediação de qualquer conflito ou frustração. 

Como vimos, as competências contemporâneas envolvem habilidades sociais que precisam ser trabalhadas com os pequenos desde cedo, tanto na escola quanto no âmbito familiar. Elas são essenciais ao aprendizado deles enquanto estudantes, e serão fundamentais para o sucesso profissional, independentemente da carreira.

Agora que você já sabe a importância de estimular seu filho além da sala de aula, entre em nosso site e conheça nossos produtos.


Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.