fbpx
Assine nossa newsletter

Entenda como funciona a aprendizagem baseada em projetos

Entenda agora como os projetos podem estimular a criatividade e a autonomia

aprendizagem-baseada-em-projetos-fuzzy

Você acha que seu filho tem potencial de aprender mais ainda do que normalmente acontece com os métodos tradicionais? Então, você precisa entender um pouco sobre o funcionamento da aprendizagem baseada em projetos.

Com ela, seu filho será o protagonista do ensino, colocando a mão na massa e aprendendo com suas dificuldades para produzir um projeto específico. Neste post, você entenderá o que é a aprendizagem baseada em projetos e como ela funciona.

Quer mais para seu filho? Então, veja agora uma ótima opção para suas preocupações. Boa leitura!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O que é a aprendizagem baseada em projetos?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A aprendizagem baseada em projetos (em inglês, Project Based Learning) é uma aposta em criar conhecimento a partir de trabalho de grande investigação, que possibilite responder a complexos problemas, desafios ou perguntas.

Com o levantamento da questão inicial, os alunos podem ter envolvimento em um grande processo de pesquisa, elaborando hipóteses e buscando por recursos. Assim, poderão chegar à aplicação prática da informação para conseguirem resolver a questão levantada ou produzirem um produto.

Com isso, o aprendizado e a prática são inseparáveis. Nesse sentido, aprender está conectado intimamente com o contexto e com a comunicação com os demais envolvidos, podendo criar alguma coisa a partir do conhecimento adquirido.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Quais são os benefícios?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

Quer saber quais são os maiores benefícios? Então, confira agora!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Promoção da autonomia
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Nesse modelo, são os alunos que tomam as decisões necessárias para conseguirem levar o projeto a diante. Dessa forma, poderão aprender tanto com os erros quanto com os acertos, o que aumentará a autonomia e desenvolverá habilidades úteis durante toda carreira.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Maior criatividade
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Para resolver um problema, normalmente, não bastam os conhecimentos adquiridos em sala de aula. Por isso, o aluno deverá entender todos os recursos que tem. Com isso, poderá exercer a criatividade para chegar a resultados incríveis.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Otimização da capacidade cognitiva

⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Otimizar a capacidade cognitiva inclui usar todos os recursos disponíveis para a resolução de problemas, como a colaboração entre todos os envolvidos, a comunicação, raciocínio lógico, controle do tempo e a utilização das tecnologias disponíveis.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Como funciona?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

Entenda agora como a aprendizagem baseada em projetos funciona.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Educação STEAM e suas ferramentas
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

STEAM (em português, Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) não é apenas um novo tipo de currículo ou metodologia, mas consolida uma política educacional e econômica, utilizando as demandas industriais e globais, que incentivam as Ciências, a Tecnologia, a Engenharia, as Artes e a Matemática.

Com esse movimento, os alunos são desafiados, fazendo com que sejam mais ativos e participativos durante o processo de aprendizagem, que é iniciado a partir de um problema. Assim, a investigação e a prática são incentivadas sempre, envolvendo todas as áreas descritas acima.

Para implementá-la, podem ser usados jogos, equipamentos e kits que consigam ajudar os alunos em seus projetos, como a Internet das Coisas e bits (blocos).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Criação e planejamento dos projetos
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Na etapa de planejamento, os professores definem qual será o problema que deverá ser resolvido a partir de projetos pelos alunos. Vale lembrar que as soluções são complexas, mas dentro da capacidade atual deles. Mesmo que utilizem ferramentas de pesquisa, como o Google, a resposta não pode ser rápida. Ao contrário, deve instigar e fazer com que os alunos debatam a respeito.

O planejamento também deve conter as atividades necessária, que incluem exposições em aula, experimentos, debates e relatórios. Um cronograma de atividades é fundamental para que tudo fique organizado e os alunos saibam quando acontecerá cada etapa do projeto.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Desenvolvimento de projetos
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

Quando os alunos começam a desenvolver seus projetos, é necessário que eles sejam estimulados continuamente. Caso contrário, a chance de que eles se desanimem é real. Por isso, o diálogo torna-se necessário para que os alunos consigam sair da área de dificuldades em suas pesquisas.

Outro papel do professor é reforçar cada ponto importante para a conclusão do projeto, deixando claro quais são todas as ferramentas e competências que devem ser utilizadas e serão avaliadas. Caso o projeto gere um produto mais técnico, que os alunos não fazem normalmente, como a criação de filmes, jogos ou softwares, são indicados profissionais que atuem como orientadores.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Monitoramento constante
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

Em todo processo de aprendizado, é importante acompanhar de perto como está o desenvolvimento dos alunos nas atividades, para que os ajustes necessários sejam realizados. Por isso, a aprendizagem baseada em projetos utiliza indicadores de desempenho para analisar como tem sido a progressão de cada aluno.

Assim, ficará mais fácil entender se as atividades que foram selecionadas estão contribuindo para o desenvolvimento das habilidades necessárias dos participantes, além da aquisição dos conhecimentos planejados.

O monitoramento também avalia se o cronograma tem sido respeitado ou se os atrasos têm feito com que seja necessário mudar as datas. Procure sempre deixar as datas conforme o planejado. Entretanto, caso não seja possível, explique o motivo para que o cronograma inicial tenha sido alterado.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Avaliação
⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A avaliação é uma parte importante do processo, já que com ela os alunos terão condições de entender o desempenho. Além da avaliação feita pelo professor, a autoavaliação é uma ação importante, em que o próprio aluno entende quais são as áreas em que ele precisa melhorar, bem como em que tipo de conhecimento ele precisa de mais dedicação.

Com isso, pode-se comparar a visão do próprio aluno e do avaliador. Caso os pontos sejam muito diferentes, normalmente, se faz uma reunião para que o estudante consiga explicar como ele entendeu o projeto, abordando aspectos que talvez tenham passado batidos pelo educador, o que justificará a performance do aluno.

Em todo caso, aluno e professor precisam refletir, nesse processo para que o resultado não seja apenas um numeral, mas algo que possa ser útil para a produção de novos conhecimentos. Uma reflexão em grupo também é útil para que todos os participantes consigam contribuir e aprender com a visão dos colegas.

O compartilhamento, análise e debates de resultados são uma das grandes vantagens da aprendizagem baseada em projetos, já que as ideias levantadas serão úteis em projetos futuros.

Levantando a bandeira da aprendizagem baseada em projetos, a Fuzzy Makers tem desenvolvido soluções de gamificação para auxiliar no ensino de temas específicos, como a programação. Com um modelo próprio de ensino, chamado Fuzzy, os professores são incentivados a usar a Educação STEAM, fazer com que o aluno seja protagonista, utilizar ferramentas educacionais e colocar os alunos para botarem a mão na massa.

Gostou disso? Então, entre em contato conosco e veja agora mesmo como a Fuzzy Makers pode ajudar seu filho a ter excelentes resultados utilizando a aprendizagem baseada em projetos.